livros | thriller

Resenha | Verity – Colleen Hoover

5 de agosto de 2020

Verity é o primeiro livro de suspense/thriller de Collen Hoover. Se você já leu algum livro da autora, saiba que esse tem um história bem diferente.  Não gosto muito de trillers, mas como a internet estava alvoroçada com esse livro, eu decidi ler! Sou do tipo que não cria muitas expectativas sobre um livro antes de ler, mas quando começo crio em mim todas as expectativas do mundo.  
Verity por Colleen Hoover
O livro é narrado por Lowen Ashleigh, uma escritora de suspense, ela não é famosa (ela se excluí de contato social) nem rica e não acredita em sí mesma. Um dia, após bastante tempo, ela recebe a ligação do seu agente, marcando uma reunião que poderia gerar um novo trabalho para a Lowen e como ela precisa muito de dinheiro (para pagar seu aluguel que está prestes a vencer), ela decide sair de casa novamente. 
No caminho dessa reunião, Lowen presencia um acidente de trânsito (muito bem detalhado), esse acidente deixa Lowen coberta de sangue, e um estranho a ajuda a se limpar e a empresta sua camisa. E nesse momento temos o encontro entre os dois protagonistas dessa história, e os iniciam um dialogo que demonstra muito conexão entre os personagens. Após esse encontro Lowen vai para sua reunião, lá ela recebe a proposta de finalizar a série de livros de uma autora muito famosa, Verity Crawford ( que sofreu um acidente que a deixou incapaz de prosseguir com a história) Ela aceita, mas com a condição de poder usar um pseudônimo. 
Lowen nunca tinha lido nada de Verity, para dar continuidade a sua série ela precisa passar um tempo no escritório da autora, vasculhando suas anotações e planejamentos para os próximos dois livros.  Procurando por rascunhos, Lowen descobre um manuscrito, uma espécie de autobiografia escrita por Verity, narrando como conheceu seu marido e o que aconteceu no passar dos anos ao lado dele. Esse manuscrito faz com que Lowen tenha informações assustadoras e criminosas, que a farão questionar e julgar o tipo de pessoa que Verity era antes do acidente. 
Verity por Colleen Hoover
Sabe aquele rapaz que emprestou a camisa pra ela no dia da reunião, então, ele é Jeremy, o marido de Verity, e também estava presente na reunião. Lowen se encantou por ele desde aquele dia, e após ir para casa do casal, ela passa a se sentir cada vez mais atraída por ele.  Lendo o manuscrito de Verity, Lowen fica extremamente incomodada, amedrontada e ansiosa ao mesmo tempo com o que Verity conta naquelas páginas, e por muitas das vezes pensa se deveria entregar esse manuscrito à Jeremy e revelar tudo que Verity escondeu dele durante todos esses anos que viveram juntos até o seu acidente acontecer!
A melhor parte do livro está precisamente no manuscrito de Verity, quando Lowen começa a narrar o manuscrito, acaba causando um desconforto enorme em quem está lendo, e o leitor acaba tendo as mesmas perguntas que a protagonista, de quanto aquilo é real, o que mais Verity esconde, cada capítulo do manuscrito se torna mais horrível que o anterior e isso vai se sucedendo até o final do mesmo.  
Todo ambiente no livro é estranho, a casa tem um ar sombrio e a família parece ser mal assombrada. Jeremy e Verity sofreram muitas perdas, e o pequeno Crew (filho mais novo dos dois) é uma criança boa, porém, muito solitária. A todo tempo temos dúvidas sobre os personagens, todos parecem esconder alguma coisa bem macabra (Eu tinha muito medo da criança).
Verity é a estrela desse livro, tudo gira em torno dela,  toda tensão de Lowen é por conta de Verity, pois quando está lendo seu manuscrito ela a perturba e quando ela não está lendo seu livro e passando um tempo na casa, Verity também a perturba de alguma maneira. E se você pretende lê esse livro a noite, assim como eu e tem a mente muito fértil; não leia! Escolha um horário melhor, pois, minha mente viajou por lugares que eu não queria e dormi com medo (kkkk).  
O final me deixou um pouco decepcionada com o livro, na minha opinião o plot twist foi incrível, eu realmente não esperava aquilo, porém o desfecho deixou a desejar.  Acho que a ligação dos pontos no final não me agradou tanto, mas não é um final ruim (longe  disso). Collen Hoover sabe muito bem o que está fazendo em qualquer gênero literário. 

Verity por Colleen Hoover

 Título: Verity

 Título Original: Verity

 Autor:  Collen Hoover
 Editora: Galera Record
 Páginas: 320
 Comprar: Amazon | Submarino | Americanas

Sinopse: Verity Crawford é a autora best-seller por trás de uma série de sucesso. Ela está no auge de sua carreira, aclamada pela crítica e pelo público, no entanto, um súbito e terrível acidente acaba interrompendo suas atividades, deixando-a sem condições de concluir a história… E é nessa complexa circunstância que surge Lowen Ashleigh, uma escritora à beira da falência convidada a escrever, sob um pseudônimo, os três livros restantes da já consolidada série.

Para que consiga entender melhor o processo criativo de Verity com relação aos livros publicados e, ainda, tentar descobrir seus possíveis planos para os próximos, Lowen decide passar alguns dias na casa dos Crawford, imersa no caótico escritório de Verity – e, lá, encontra uma espécie de autobiografia onde a escritora narra os fatos acontecidos desde o dia em que conhece Jeremy, seu marido, até os instantes imediatamente anteriores a seu acidente – incluindo sua perspectiva sobre as tragédias ocorridas às filhas do casal.
Quanto mais o tempo passa, mais Lowen se percebe envolvida em uma confusa rede de mentiras e segredos, e, lentamente, adquire sua própria posição no jogo psicológico que rodeia aquela casa. Emocional e fisicamente atraída por Jeremy, ela precisa decidir: expor uma versão que nem ele conhece sobre a própria esposa ou manter o sigilo dos escritos de Verity?

Only registered users can comment.

  1. Lowen Ashleigh,parece estar um tanto desmotivada , desanimada,mais vida muda a caminho de uma reunião. A história ou narrativas é bem diferente do que as que custumo ler , mais seu ponto de vista sobre o desfecho me deixou mais curiosa ainda.

  2. Diferente de você, eu já adoro livros de thriller e suspense, então já tenho certeza que vou gostar de Verity. Pena que você não gostou muito do final, vou ficar atento e depois te digo o que achei.

  3. Nossa, fiquei bem curioso (apesar de ter dito q o final é meio decepcionante).
    Enfim, oq mais curti foi a forma dos principais se encontrarem. Já vi principais se encontrando quando cai livros, cartas, bolsas, mas num acidente de trânsito???
    Lowen deveria ter desconfiado q nada de bom vem de um acidente de trânsito 😛

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *